Atividade física regular… o coração agradece!

Segundo a medicina moderna, atividade física regular é a prática de exercícios leves pelo menos 4 dias por semana, sendo o mínimo de meia hora por dia. Os benefícios da atividade física são inúmeros; podendo englobar efeitos estéticos e, acima de tudo, efeitos benéficos para a saúde. Doenças cardiorrespiratórias estão entre as que mais matam no mundo, sendo o sedentarismo seu principal causador. Não obstante, a tecnologia digital vem induzindo jovens e adolescentes cada vez mais a este “mau comportamento”. A atividade física regular tem, portanto, papel fundamental na melhoria da expectativa de vida no século XXI. Visando avaliar os efeitos da prática constante de exercícios físicos no desempenho cardíaco de adolescentes, 50 alunos da segunda série do EM receberam treinamento e participaram da avaliação do ritmo cardíaco (batimentos por minuto) de voluntários atletas e sedentários. Cada voluntário teve seus batimentos por minuto registrados antes de um exercício leve. Logo após o término do exercício, cada voluntário foi avaliado mais 4 vezes nos 4 minutos subsequentes. Os resultados obtidos estão expostos no gráfico abaixo:

 

É possível notar que tanto atletas quanto sedentários apresentaram a mesma média de batimentos antes do exercício. No entanto, no minuto inicial após o exercício já é possível notar que os batimentos cardíacos em indivíduos sedentários sobem consideravelmente mais do que nos atletas. Não obstante, o coração dos sedentários demorou mais para reduzir seus batimentos ao nível de repouso. Com isso, concluímos que o coração de indivíduos sedentários é mais exigido durante exercícios leves, o que pode diminuir consideravelmente sua vida útil!